Postagem em destaque

Autoeficácia nas palavras do próprio Albert Bandura

Este artigo traduzido faz parte dos meus estudos de doutorado. Ele fornece um referencial teórico importante para estudantes e professores...

quarta-feira, 11 de maio de 2011

TENSO


O gráfico abaixo mostra a relação entre a probabilidade de passar no processo seletivo de algum programa de residência médica e o escore obtido no teste de progresso conforme calculado pela teoria de resposta ao item, o qual chamamos de escore theta. Theta é o nome que se convencionou utilizar na teoria de resposta ao item para designar o conceito de "traço latente", "construto" e/ou "dimensão"; ou seja, é a variável não observada diretamente, mas que se pretende mensurar a partir dos dados observados. A escala vai de "menos infinito" a "mais infinito". O zero é dado pela dificuldade média das questões e o 1 (um) equivale ao desvio padrão dessa mesma dificuldade. O escore em theta é mais confiável pois elimina os acertos por chute e leva em conta não apenas o número de acertos, mas a dificuldade de cada questão.

Como vocês podem ver, quanto maior o escore em theta, maior a probabilidade de passar na residência...
Obviamente, não resisti a usar esse meme espertão e brincalhão:



Esse pontinho aí tem um LONGO caminho a percorrer no desenvolvimento do seu potencial...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...